Informar sem dramatizar sobre as doenças raras